sexta-feira, novembro 30, 2007

O Natal chegou mais cedo - parte II



Está-se a tornar um hábito ou é impressão minha? Pela 2ª vez consecutiva o natal chegou mais cedo cá a casa. E não é que sabe bem? Fomos nós que encomendámos tudo, escolhemos tudo ao promenor, mas porque é que ao abrir cada caixa fizemos sempre um ar de surpresa? Porque é que é tão bom receber prendas vindas de tão longe, mesmo sabendo perfeitamente o que ali vinha? Sim, e mesmo quando somo nós a pagar...? Porque sim.

Além disso na verdade houve surpresas, o packaging é muito melhor do que imaginei, os produtos são muito mais perfeitos do que me tinham parecido e as peças muito mais bonitas. Directamente da Dinamarca para nossa casa, a colecção completa. Agora é voltar a pôr tudo nas caixinhas e esperar até usar. Pelo menos ele já não está sozinho.

Está-se a tornar um hábito sim. E qual é o mal?

Sem comentários: