quarta-feira, janeiro 21, 2009

Um exercício

Imaginem por exemplo que estão com muito trabalho, e para não se desconcentrarem passam o dia a ouvir musica no Iphone. Imaginem que quando o telefone toca ninguém o ouve tocar, a não ser nós próprios, e desatamos a falar com os headphones que depressa se transformaram num auricular. Imaginem a cara as pessoas à volta.

Segundo exercício, imaginem, que como tinham pouca bateria no Iphone, estão a ouvir música através do computador, com os headphones, mas para não se desconcentrarem puseram o som do computador no máximo. Vão à casa de banho, e quando regressam colocam novamente as orelhinhas, mas o Itunes estava no Pause e nem deram conta. De repente chega um mail. Relembro que o som estava no máximo (!). O salto da cadeira é brutal. A cara das pessoas à volta nem vale a pena descrever.

Há por aqui muito boa gente que pensa que sou maluca.
E o pior é que alguns acham que não tem nada a ver com as hormonas e nem a gravidez.

Sem comentários: